Cripta Imperial de Viena

A Cripta Imperial (Kaisergruft) é o lugar em que descansam os restos da realeza austríaca. Há mais de 150 sarcófagos - o mais visitado é o do imperador Francisco José.

A Cripta Imperial (Kaisergruft), situada debaixo da Igreja dos Capuchinos, é o lugar onde descansam os restos da realeza austríaca.

Na Cripta dos Capuchinos (ou Cripta Imperial) são guardadas as sepulturas dos membros da nobreza desde 1633, entre elas as de 12 imperadores e 18 imperatrizes.

Entre os quase 150 sarcófagos da cripta, alguns dos mais destacados são o de Maria Teresa ou os de Francisco José I, da Imperatriz Sisi e do príncipe herdeiro Rodolfo.

A Igreja dos Capuchinos

A Igreja dos Capuchinos (Kapuzinerkirche) foi construída entre os anos 1622 e 1632 em um estilo barroco. Trata-se de uma pequena igreja muito simples e agradável. Em seu interior surpreende a escassa decoração, formada apenas por vários quadros pendurados em suas paredes.

Uma visita surpreendente

Os féretros da Cripta dos Capuchinos são verdadeiras obras de arte que mostram o poder dos personagens que descansam em seu interior. É especialmente surpreendente ver o grande número de minúsculos féretros onde descansam as crianças que sofreram mortes prematuras. 

Horário

Todos os dias, das 10:00 às 18:00 horas.
Quintas, das 09:00 às 18:00 horas.
Fecha nos dias 1 e 2 de novembro.

Preço

Adultos: 18€.
Estudantes e maiores de 65 anos: 14€.
Crianças: 9€.

Acesso gratuito com Vienna Pass.

Transporte

Metrô: Stephansplatz, linhas U1 e U3.
Ônibus: Plankengasse, linha 3A.