Viena em 48 horas

Viena em 48 horas

Se você tem pouco tempo na cidade e quer conhecer o imprescindível, confira nosso itinerário para visitar Viena em um fim de semana.

Para aqueles que não tenham muito tempo na cidade, preparamos um roteiro que inclui as principais atrações de Viena.

As visitas estão organizadas pensando que você chegaria a Viena numa sexta à tarde e ficaria até domingo. Se você quer seguir esse roteiro qualquer outro dia da semana, não esqueça de revisar os horários dos museus e do resto das atrações, já que poderiam variar.

Dia da chegada

Se você chega a Viena na sexta à tarde, provavelmente não terá muito tempo para visitar museus nem muitos monumentos, mas, depois de deixar as malas no hotel, você terá tempo suficiente para curtir alguns dos melhores lugares do centro da cidade e um jantar típico vienense.

O melhor ponto de partida para conhecer Viena é ir à parada de metrô Stepgansplatz, situada em pleno coração da cidade. Dali, você pode visitar a Catedral de São Estevão, o símbolo religioso mais importante de Viena.

Ao sair da catedral, pegue a rua Kärnter Strasse que te levará à conhecida Ópera de Viena. Embora já seja tarde para visitá-la por dentro, sempre é um bom momento para fazer algumas fotos do emblemático edifício.

Provavelmente já será a hora do jantar e os restaurantes de Viena costumam fechar cedo. Fazendo o mesmo caminho pelo qual viemos, você poderá encontrar diferentes restaurantes onde são servidos os consistentes pratos típicos vienenses.

Aqui finaliza o roteiro de hoje, já que amanhã será um dia longo.

Primeiro dia

O roteiro de sábado deveria começar por volta das 9 da manhã na estação de metrô Herrengasse. Dali, você pode chegar em poucos minutos ao Palácio Hofburg, que foi a residência da família Habsburgo durante mais de 600 anos.

A visita ao Hofburg é uma forma de entrar na interessante história de Viena de uma maneira lúdica. Durante o percurso, você poderá ver o Museu Sisi, baseado na intensa vida da excepcional imperatriz, além dos aposentos imperiais que compartilhou com o imperador Francisco José.

Para ter um interessante desconto, recomendamos que você compre a entrada combinada que inclui a visita ao Palácio Schönbrunn.

Ao sair do Hofburg é a hora de visitar a Biblioteca Nacional Austríaca, uma das bibliotecas históricas mais bonitas do mundo.

Ao sair da biblioteca, atravesse o parque Burggarten para chegar, através da Ringstrasse, à Ópera de Viena. É importante checar os horários das visitas no site oficial, já que costumam ser entre as 13:00 e as 15:00, mas podem variar.

Pegando os bondes 1 e 2, você poderá percorrer a Ringstrasse, uma grande avenida circular onde estão os edifícios mais importantes da cidade, como a Prefeitura, a Bolsa, o Parlamento, o Burgtheater, a Igreja Votiva ou a Universidade.

Depois de ver tantos edifícios imponentes, chega o momento de se deleitar com uma arquitetura muito especial, quase de conto de fadas. São dois edifícios residenciais chamados Hundertwasserhaus, prédios de cores originais e formas fantasiosas.

Para terminar o dia de um modo relaxado, se fizer bom tempo não há nada melhor que curtir o Prater, o parque de diversões mais antigo do mundo, onde você poderá subir na roda-gigante, que está em funcionamento desde 1897. No parque há vários lugares onde você pode jantar.

Segundo dia

O dia começa por volta das 9 da manhã, na estação de metrô Schönbrunn, onde você poderá visitar o Palácio Schönbrunn, antiga residência de verão dos Habsburgo.

Depois de passear pelo palácio e seus belos jardins, pegue o metrô até a estação Kettenbrückengasse, onde está o conhecido mercado Naschmarkt. Ali, entre frutas e verduras, com certeza você vai encontrar algum restaurante para fazer uma pausa.

De volta ao centro da cidade, você pode conhecer a Cripta Imperial, situada sob a Igreja dos Capuchinos. Ali estão os monumentais féretros onde descansam os membros da realeza austríaca.

Para terminar sua visita à cidade com um sabor doce, nada melhor que tomar um café acompanhado de um pedaço da famosa torta Sacher.

Mais de 2 dias em Viena?

Depois de seguir o nosso roteiro, se você mesmo assim tiver mais tempo na cidade ainda terá uma grande quantidade de lugares interessantes para conhecer em Viena, como Palácio Belvedere, a Escola Espanhola de Equitação, o Museu de História da Arte, o Museu do Relógio ou o Museu de Carruagens Imperiais.

Se você tiver vários dias para visitar Viena, pode ser uma boa opção fazer uma excursão a alguma cidade próxima. Nesse caso, Bratislava é um destino ideal para passar um dia.